Notícias

por Interlegis — última modificação 08/07/2019 16h59
Lista de notícias da Câmara Municipal de Domingos Martins.

18ª Sessão Ordinária do ano será realizada em nova data

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h21
A referida reunião plenária foi transferida para o dia 28 de outubro.
18ª Sessão Ordinária do ano será realizada em nova data

clique para ampliar

Informamos que a 18ª Sessão Ordinária de 2014, previamente agendada para acontecer no dia 21 de outubro, foi transferida para o dia 28 de outubro de 2014 (terça-feira), às 19 horas, em virtude da realização da Sessão Solene que será promovida pelo legislativo martinense no próximo dia 20 de outubro, no Auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazareth (antigo CNEC), em homenagem os 121 anos de emancipação político-administrativa do município.



ALTERAÇÃO NO CALENDÁRIO DE SESSÕES:

18ª Sessão Ordinária de 2014

NOVA DATA: 28 de outubro de 2014 (terça-feira)

HORÁRIO: às 19 horas

LOCAL: Plenário Paulo Lorenzoni



Assessoria de Comunicação - CMDM/ES

Jorge Moysés Monteiro/Hudson Luiz Entringer

comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br

Tel: (27) 3268-1123 –Ramal 226


Câmara de Domingos Martins inicia trabalhos legislativos de 2014

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
A Sessão Solene de abertura foi realizada na noite do dia 18 de fevereiro, seguida da 1ª Sessão Ordinária do ano.
Câmara de Domingos Martins inicia trabalhos legislativos de 2014

clique para ampliar

Após o recesso parlamentar do mês de janeiro, foram abertos na noite do último dia 18 de fevereiro os trabalhos legislativos de 2014 na Câmara Municipal de Domingos Martins, por meio da realização de Sessão Solene e da primeira sessão plenária do ano.

O momento cívico foi marcado pela bela execução do hino nacional na voz da cantora Letícia Santana, acompanhada por Tony Ribeiro no violão, e por pronunciamentos oficiais de boas vindas.


Presentes ao evento, realizado no plenário Paulo Lorenzoni, munícipes e diversas autoridades, como o Promotor Doutor Evaldo Teixeira, o ex-presidente da CMDM Eduardo José Ramos, Doutor Afonso Pilro e Ricardo Ewald, gerente do setor de Negócios Sociais do Hospital Evangélico de Vila Velha, além do prefeito Carlinhos Borboleta, que estava acompanhado por alguns secretários municipais. Em seguida foi realizada a 1ª Sessão Ordinária de 2014.

              1ª Sessão 2014 texto       

De acordo com o presidente da Casa, vereador Julio Pequiá, é fundamental que a sociedade participe mais das sessões e eventos promovidos pela CMDM, pois acredita que esse será um ano bem produtivo no legislativo martinense, com a aprovação de matérias que tragam melhorias na vida dos nossos cidadãos e o desenvolvimento econômico e social de Domingos Martins.


Assessoria de Comunicação - CMDM/ES

Jorge Moysés Monteiro/Hudson Luiz Entringer

comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br

Tel: (27) 3268-1123


Abertura da do Brilho de Natal encanta moradores e turistas

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
Em sua 17ª edição, o evento terá intensa programação até o dia 6 de janeiro de 2014.
Abertura da do Brilho de Natal encanta moradores e turistas

clique para ampliar

Na noite do último dia 6 de dezembro, milhares de pessoas estiveram na praça Arthur Gerhardt, no centro de Campinho, para acompanhar a solenidade oficial que abriu a 17ª edição do Brilho de Natal de Domingos Martins.


Após um belo show pirotécnico, todos acompanharam o acender de cerca de meio milhão de lâmpadas ornamentais, que proporcionaram um espetáculo visual natalino que encantou autoridades, moradores e turistas presentes.


Além da tradicional chegada de Papai Noel, a festa contou com apresentações musicais da Banda da Polícia Militar e dos corais da Arcellor Mittal e de Marechal Floriano "Piu Bello, além do badalar dos sinos da Igreja Luterana e da execução de temas musicais alusivos à data.

  Brilho de Natal autoridades

Entre as autoridades que acompanharam a abertura do evento, feita pelo pastor luterano Valdecir Foester, estavam o prefeito de Domingos Martins Luiz Carlos Prezoti Rocha e o vice-prefeito Dr. Manoel Barcelos, o Secretário municipal de Turismo e Esportes, Wellington Bleidorn, o Secretário estadual de Turismo, Alexandre Passos e o prefeito de Marechal Floriano, Lidiney Gobbi.

Brilho de Natal fogosOs vereadores Divino de Souza Fernandes (PT), Emerson Monhol (PT), Leandro Thomes (PV) e Rogério Kröhling (PSB) estiveram no palanque oficial representando o legislativo martinense durante a cerimônia.

A importância do Brilho de Natal para o turismo do município foi a o tema central dos pronunciamentos da noite, bem como o valor data como momento de reflexão entre os cristãos e de solidariedade com o próximo.

O Brilho de Natal de Domingos Martins será realizado até o dia 6 de janeiro, contando com intensa programação cultural. No dia 13 de dezembro, as versões do evento em Pedra Azul e Paraju serão inauguradas.


(Clique aqui e veja a programação completa).

 Brilho de Natal portal

Fotos: Hudson Luiz Entringer

Jorge Moysés Monteiro
Assessoria de Comunicação – CMDM/ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br

 

 

 


ACE e CDL de Domingos Martins têm nova diretoria

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
A escolha aconteceu na noite do último dia 7 de fevereiro, por meio de Assembleia Extraordinária.
ACE e CDL de Domingos Martins têm nova diretoria

clique para ampliar

A ACE-DM – Associação Comercial e Empresarial de Domingos Martins e a CDL-DM – Câmara de Dirigentes Lojistas de Domingos Martins realizaram no último dia 07 de fevereiro de 2013, às 19 horas, na sede das entidades, Assembleia Extraordinária para a escolha e posse da nova diretoria.


Confira a nova composição:



Diretoria Executiva:


- Diretor Presidente: Geruza Lúcia Reinholz de Nazareth.

- Diretor Administrativo e Financeiro: Eudes Mário Trarbach.

- Diretor Social: Eduardo José Ramos.


Conselho Fiscal:

Aderval Faller, Emanoele Furlan Biancardi, Zilneth Gonçalves.


Suplentes: Galdino do Nascimento, Maria de Fátima Calmon, José Luiz Barcelos de Almeida.

 

 

Fotos e colaboração: Celina Pagung

Agradecimentos: Christine Klein (ACE-DM e CDL-DM)


Jorge Moysés Monteiro
Assessoria de Comunicação – CMDM/ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br

 

Adesão das Câmaras à Rede de TV Digital é tema de Audiência na ALES

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
O evento, que teve a participação da CMDM, foi o primeiro passo para a implantação da TV legislativa gratuita em nosso município.

Na manhã do último dia 2 de abril foi realizada Audiência pública no Plenário Dirceu Cardoso da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES), com o objetivo de discutir os aspectos que envolvem o processo de adesão das Câmaras Municipais à Rede Legislativa de TV digital.

O evento foi promovido pela Comissão de Cultura e Comunicação Social da ALES, presidida pela deputada Luzia Toledo (PMDB), e contou com a presença de presidentes e representantes de cerca de 30 casas legislativas do estado.


ALES 1Foi também resultado da participação capixaba no Seminário Internacional sobre Regulação da Comunicação Pública, realizado em Brasília entre os dias 21 e 23 de março, onde o tema “Rede de TV Legislativa Digital” foi amplamente debatido. A CMDM se fez presente durante os três dias de seminário, representado pela Secretaria Geral Administrativa e por servidores dos setores de tecnologia da informação e comunicação social.

Participaram ainda os deputados Claudio Vereza (PT), vice-presidente da Comissão, e Sandro Locutor (PV), além do Secretário de Comunicação da ALES, Arthur Wernersbach Neves, da Coordenadora Especial da TV Assembleia, Patrícia Bravin, do diretor-presidente do sistema Rádio e TV Espírito Santo (RTV-ES), jornalista Sérgio Egito e do engenheiro da Coordenação de Infraestrutura Técnica da Câmara Federal, Luiz Flavio Menezes, que veio direto de Brasília para tirar dúvidas referentes ao processo.

Cerca de 30 municípios participaram da audiência e as maiores dúvidas foram em relação aos custos de implantação do modelo. O Presidente da CMDM, vereador Eduardo José Ramos, esteve presente, acompanhado pelos profissionais responsáveis pela Assessoria de Comunicação da Casa.

ALES 2O engenheiro Menezes explicou o processo burocrático e técnico para que as Câmaras façam a adesão à Rede Legislativa e estimou um custo aproximado de R$ 250 mil para compra e instalação dos equipamentos, ressaltando que esse custo é variável.

A Rede Legislativa prevê a união de todas as TVs legislativas num mesmo canal com sinal digital, envolvendo a Câmara dos Deputados, Senado, Assembleias Legislativas e Câmaras de vereadores. A TV digital tem finalidade de ser aberta, livre e gratuita, com multiprogramação que permitirá a transmissão de 24 horas de conteúdo voltado para sessões, debates de interesse público, cultura do município e comissões. A TV da Câmara de São Paulo, projeto piloto do formato, em breve estará no ar, sendo referência para todo o país.

De acordo com Patrícia Bravin, o acordo assinado com a Câmara dos Deputados prevê que a Assembleia Legislativa ofereça ajuda as câmaras municipais na obtenção de canal aberto para as suas televisões. Serão realizados mais encontros para se debater o processo, criando um valioso mecanismo de comunicação entre os legislativos municipais que juntos poderão instalar as TVs em seus municípios, compartilhando conhecimento técnico.

TV DigitalNa última semana, a Câmara Municipal de Domingos Martins encaminhou à Câmara dos Deputados carta declarando o interesse em firmar convênio para adesão à Rede Legislativa de TV Digital, reconhecendo o valor deste projeto para a democracia, por privilegiar a transparência dos debates parlamentares em canal aberto e acessível a todos os cidadãos.

No documento, a CMDM declarou ainda a disponibilidade da Casa em cumprir com as responsabilidades advindas da parceria, aproveitando para solicitar à equipe técnica da TV Câmara a viabilização junto à ANATEL da autorização (consignação) para que possam ser transmitidos os trabalhos de Câmara Municipal de Domingos Martins em canal aberto.

Foi dado assim o primeiro passo para que, num futuro próximo, tenhamos em nosso município uma TV legislativa gratuita e aberta, que ofereça aos cidadãos maior visibilidade sobre o que é produzido pelo seu vereador, ampliando a participação popular nas decisões surgidas no ambiente parlamentar que interferem diretamente no seu cotidiano.


Fotos: Thagner Kuster

Jorge Moysés Monteiro e Thagner Kuster
Assessoria de Comunicação – CMDM/ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br


Câmara Municipal realiza Sessão Solene em comemoração ao centenário da Igreja Assembléia de Deus

por GerCom última modificação 08/07/2020 13h30
A solenidade aconteceu na noite do último dia 8, nas dependências do plenário Paulo Lorenzoni.
No último dia 8, a Câmara Municipal de Domingos Martins realizou uma cerimônia em homenagem ao centenário da igreja Assembléia de Deus no Brasil.

Na ocasião estiveram presentes o presidente da Câmara, Eduardo José Ramos, os vereadores Júlio Maria dos Santos, Wellington Bleidorn, Ivan Luiz Paganini, Arno Alves do Nascimento, Jefferson Hand, Osmar José de Oliveira e Rogério Luiz Kröhling, o promotor da comarca do município, Dr. Ewaldo Teixeira, e Pr. Presidente da igreja Assembléia de Deus em Domingos Martins, Edson Eugênio Vicente. Asse 3

Diversos membros da denominação lotaram as dependências do plenário Paulo Lorenzoni. Alguns deles receberam o diploma de honra conferido por meio do Decreto Legislativo nº 59, de 6 de dezembro de 2011, em reconhecimento pelos serviços eclesiásticos prestados a comunidade martinense. Foram homenageados: Ir. Maria Diva Tosta dos Santos, Ir. Maria Madalena Tolentino, Pr. Anésio Ludigero, Pr. Altivo Hilário da Silva, Pr. José Antonio Alves, Pr. José Pinheiro da Silva, Pr. Edson Eugênio Vicente, Pb. Werner Hollunder, Pb. Dorvalino Büger, Ev. Laudimar José dos Santos Luciano, Ir. João Alves Gonçalves, Ev. Esmael de Almeida, Pr. Oscar Domingos de Moura, Pr. Arnaldo Candeias, Ev. Dr. Ricardo Moraes de Rezende, Ir. Cezar Rocha, Ev. Dr. Arthur Carlos Lessa Filho, Pr. Dr. Natanael Ferreira Nunes e Ev. José Inácio Pereira.

Asse 6O Pr. Edson falou sobre a consideração dos vereadores pela denominação. “Observamos aqui entre os vereadores o amor pela Assembléia de Deus. Que possa ficar registrado nos anais desta casa este trabalho, esta homenagem, essa honra dada a Assembléia de Deus em Domingos Martins. Toda honra, toda glória e todo louvor ao nosso salvador Jesus Cristo!”, afirmou.
 
Também houve um momento de homenagens aos vereadores e alguns servidores da Câmara Municipal. Os nove pares, além dos servidores Carmem Câmara Degen, Elma da Penha Hortolani, Auricéia Brzesky e Paulo Retz receberam uma congratulação pela importância de sua participação visando o reconhecimento da finalidade da igreja Assembléia de Deus no município de Domingos Martins juntos na comemoração do centenário das Assembléias de Deus no Brasil.

Pr. Edson também fez um agradecimento especial à estagiária Ana Clara Merscher pela gentileza em assessorá-los. Ele também desejou sucesso ao presidente Eduardo José Ramos e disse que a igreja está orando por todos os vereadores. “Que Deus possa abençoar esta casa e possa iluminar as vossas mentes dando direcionamento para o bem estar social de toda a comunidade”, pediu.

A Secretária Geral Administrativa da Câmara Municipal, Elma da Penha Hortolani agradeceu ao Pr. Edson Eugênio Vicente. “Em nome de todos os colegas de trabalho quero agradecer pela homenagem que nos foi prestada. Compartilho este certificado com aqueles que estiverem por meses elaborando a confecção deste evento, disse. Permita-me citar os nomes da nossa humilde equipe de cerimonial: Fabiane, Nete, Zenilda, Toni, Fabiana, Ana Clara, Denílson, Paulo Victor, Jaqueline, Diógenes, Adriania, e todos os servidores que indiretamente estiveram conosco nesta empreitada”, disse.
      
       Asse 4Asse 5

O presidente Eduardo José Ramos se mostrou muito alegre ao encerrar o evento. “Tive o prazer de conhecer o Pr. Edson onde conversamos sobre o trabalho que desenvolvemos em nossas respectivas áreas. Também estivemos juntos, no aniversário do pastor, onde num determinado momento do culto eu pude fazer uso da palavra para parabenizá-lo pessoalmente. Em outra oportunidade participamos juntos de um grande evento com a presença da cantora Lauriete, e hoje estamos aqui reunidos, e fico feliz em ver o plenário tão cheio. Quero ressaltar que desenvolvemos um trabalho político social, e a igreja atua de modo social e espiritual, porém, ambos tem o como objetivo ajudar a população. Depois de hoje, eu passo a me considerar um membro da Assembléia de Deus. Gostei muito de conhecer todos vocês e prometo estar mais vezes em sua igreja. Sei que a denominação tem feito um bonito trabalho no município e agradeço imensamente pela oportunidade que nos foi dada em comemorar-mos juntos o essa data tão importante” disse. Asse 1

A sessão solene em homenagem ao centenário da Assembléia de Deus foi encerrada com a participação especial do ministério de louvor da igreja, que entoou três belíssimos hinos.


Fotos: Hudson Luiz Entringer.


Thagner Kuster
Câmara Municipal de Domingos Martins – ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingos.es.gov.br

A Colonização Alemã no Sul do Brasil encerra o ciclo de palestras da Semana Cultural

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
A palestra foi ministrada pelo professor Rodrigo Trespach, que veio exclusivamente do Rio Grande do Sul para participar do evento.
A Semana Cultural realizada nas dependências da Câmara Municipal chegou ao fim no último dia 11, sexta-feira, com a palestra "A Colonização Alemã no Sul do Brasil", ministrada pelo Doutor Rodrigo Trespach, que veio do Rio Grande do Sul exclusivamente para participar do evento.Rodrigo 2

O professor utilizou uma abordagem histórica ao apresentar um relato aos presentes sobre a chegada dos imigrantes alemães no sul de nosso país entre 1824 e 1830, caracterizando a primeira corrente migratória que se estabeleceu nesta região do Brasil.

No final do século XVIII, com a Revolução Francesa de 1789, Napoleão Bonaparte assumia o Império francês com o golpe do dezoito brumário. A partir daí, o Imperador inicia um processo de expansão começando a conquistar os países vizinhos a França. A Alemanha na época não era um estado centralizado como hoje, ou seja, era formado por pequenos estados, que iam sendo conquistados pouco a pouco pelo Imperador.

O grande inimigo de Napoleão era a Inglaterra, e na tentativa de fazer com que o país cedesse ao seu Império, ele estabelece um tipo de bloqueio continental, proibindo todo continente europeu de negociar com o país britânico.

Rodrigo 3Como a Inglaterra era parceira de Portugal, Dom João VI, não aceitando a determinação de Napoleão, pede ajuda a Inglaterra e foge para o Brasil em 1808. Esse foi o período em que o Brasil começava a engatinhar como país, porque a chegada de Dom João VI trouxe também a construção de escolas e estradas que não existiam, além de todo um aparato português para colônia.

Seu filho Dom Pedro I, que posteriormente se casaria com uma princesa austríaca, a futura Imperatriz Leopoldina. antes da independência em 1822, envia a Europa um agente chamado Major Von Shofar, responsável por angariar colonos e soldados alemães para o Brasil.

A Alemanha era fragmentada em ducados, reinados e principados e depois do Congresso de Viena em 1815, quando Napoleão é derrotada, esses pequenos estados vão se unir para formar uma confederação alemã. Em decorrência do grande estrago provocado por Napoleão na Europa, um grande número de pessoas imigraram para os Estados Unidos e outra parcela para o Brasil. Os territórios devastados, as condições climáticas, a Revolução Industrial que provocava desemprego de muitas pessoas, foram fatores determinantes para o início do processo de imigração.Rodrigo 4

Em aproximadamente dois séculos a Europa permitiu a saída de quarenta milhões de pessoas. Deste total, dez milhões eram alemães, a maioria seguindo para os Estados Unidos, o equivalente a cinco milhões, e outros trezentos e setenta mil vindo ao Brasil.

A vinda da família Real começa a promover uma modificação no que era uma colônia puramente de extrativismo dando ao Brasil um ar de país, onde se formam faculdades na Bahia e no Rio de janeiro, escolas, estradas e comunicação coisas que não existiam naquela época.

Um fato muito interessante é que quando Brasil se tornou independente, havia a necessidade de se ter um exército, caso houvesse a necessidade de lutar contra os portugueses. “As pessoas costumam achar que o Brasil se tornou independente sem guerras, que somos um país que não brigou pela independência. Isso não é verdade, pois o Brasil formou um exército com alemães e irlandeses e houveram sim alguns combates na Bahia e em Pernambuco com tropas leias a Portugal”, afirmou Rodrigo.

Rodrigo 5Foram formados quatro batalhões com soldados alemães, dois ficando no Rio de Janeiro os outros dois instalados no Rio Grande do Sul, com o objetivo de defender as fronteiras do país. Além da criação de um exército, Dom Pedro I também tinha em mente a criação de um minifúndio, que seria formado com a vinda de soldados colonos e artesãos.

A chegada dos alemães no sul do país trouxe consigo um grande impacto na comunidade local. De acordo com Rodrigo, a população existente na época composta de 10.000 habitantes recebeu em pouco menos de dois anos a metade deste número de pessoas. Essas pessoas permaneceram colônia de São Leopoldo, que foi a primeira colônia, fundada no ano de 1824 e outra que foi fundada em 1826 no litoral norte. Por conta da revolução industrial a Alemanha dispensa os colonos, agricultores, artesãos, e como o Brasil estava necessitando dessa mão de obra para formação do minifúndio, essas pessoas vem imigrar para o nosso país.

Da mesma forma, após a derrota de Napoleão na Europa, a presença de soldados não se fazia mais necessária por lá, e os mesmos também foram deslocados para o Brasil. Um fato interessante em meio à imigração foi que o governo solicitava que os alemães que viessem professassem a fé cristã. Como o Império brasileiro era oficialmente católico, não era permitido exteriorizar o credo protestante.Rodrigo 6

Os alemães que não tinham condições de pagar a passagem de vinda para o Brasil eram auxiliados pelo governo, mas se comprometiam estando em solo brasileiro servir quatro anos ao exército imperial. Dentre os benefícios que os alemães receberiam no Brasil se destacam os setenta e sete hectares de terra e a isenção de impostos por dez anos. Além disso, eles também tinham direito a subsídios mensais por dois anos até que fossem feitas as primeiras colheitas. O governo investiu muito no processo de formação nas colônias, dando aos imigrantes coisas como animais e até mesmo sementes para plantio.

Vale ressaltar que os alemães quando vieram ao Brasil não possuíam status algum de nobreza, muitos em situação de miséria e pobreza absoluta. Diversos membros de famílias não puderam acompanhar seus parentes por falta de recursos, sendo obrigados a permanecer na Alemanha. Além disso, foram muitos os casos em que se morreram crianças e adultos em azilos.

Muitas foram as dificuldades enfrentadas pelos imigrantes na vinda para o Brasil, que viajaram em condições sub-humanas nos navios, trazendo um numero muito maior do que poderiam suportar. Aproximadamente trezentos e cinquenta colonos mais a tripulação do navio viajavam por setenta dias até chegarem ao Rio de Janeiro. Em decorrência da diferença do clima, alguns colonos morreram durante a viagem.

Rodrigo 7O professor afirmou ainda que os alemães que vieram para o Brasil não eram em sua totalidade luteranos, sendo alguns reformados ou calvinistas devido a existência de outras correntes que se desenvolviam na Alemanha.

Rodrigo também falou sobre um trabalho que atualmente vem sendo desenvolvido na cidade de Leopoldo, com o objetivo de resgate da língua alemã, perdida com o passar dos anos, além de proporcionar a preservação das construções de arquitetura germânica.

Dentre algumas curiosidades reveladas na palestra, foi citado o período pós 2ª guerra quando as pessoas eram impedidas de falarem o alemão. “Em minha família o idioma não foi passado para as gerações que se sucederam. Isto porque meu avô havia ficado traumatizado pelo risco de ser preso ao falar a língua. Mesmo as famílias passando a viver isoladas no interior da cidade, o medo fazia com que a língua alemã fosse aos poucos deixada de lado. Tudo aquilo que possuía referência a Alemanha era condenado na época. Certa vez uma parente minha foi presa simplesmente por ter em sua casa uma espécie de toalha que lembrava as cores da bandeira da Alemanha” disse.

Ao final da apresentação, o professor Rodrigo Trespach recebeu das mãos do vereador Ivan Luiz Paganini e do Coordenador da Semana Cultural, Joel Guilherme Velten, o certificado de personalidade cultural, em homenagem à sua brilhante participação no evento.


Fotos: Hudson Luiz Entringer.



Thagner Kuster
Câmara Municipal de Domingos Martins – ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingos.es.gov.br

A história da colônia de Santa Isabel retratada na Semana Cultural

por GerCom última modificação 31/08/2015 11h28
O historiador Joel Guilherme Velten falou sobre a chegada dos imigrantes alemães ao município de Domingos Martins.
No último dia 9, o servidor desta Câmara Municipal, professor e também historiador Joel Guilherme Velten, deu sua contribuição à realização da Semana Cultural, ministrando uma palestra sobre a História da Colônia de Santa Isabel.

De acordo com Joel a Colônia de Santa Isabel tem esse nome devido a uma homenagem que Dom Pedro II prestou a santa de devoção de sua filha, a princesa Isabel.

joel falandoFoi por acaso que os alemães vieram parar aqui no estado. O imperador era amigo de infância do presidente da província na época, Luiz Pedreira do Couto Ferraz. Luiz era fluminense e cresceu junto de Dom Pedro II no Rio de Janeiro. Quando o grupo de 39 famílias alemãs chegou ao Rio, ainda não se tinham definidas as terras para esse grupo, foi sugerido que eles viessem ao Espírito Santo pois o estado era mais próximo do Rio de Janeiro do que Santa Catarina. O percurso poderia ser feito em um dia de navio.

Para os imigrantes isso não fazia diferença alguma, até mesmo porque quando eles saíram da Alemanha o Brasil não era de fato o país que eles gostariam de permanecer. Na verdade eles tinham o interesse de ir aos Estados Unidos da América. No Rio de Janeiro eles se mostravam insatisfeitos, principalmente pelo fator clima, bem diferente da Alemanha. Já o clima americano era bastante parecido ao do seu país de origem.

Os imigrantes chegaram em Vitória no dia 21 de dezembro de 1846. Eles celebraram o natal numa praça que fica localizada atrás do Palácio Anchieta, onde montaram a primeira árvore de natal do estado. O grupo era formado por 23 católicos e 16 luteranos.

No dia 27 de janeiro de 1847 os imigrantes subiram as montanhas e iniciaram a colonização através da Colônia de Santa Isabel. Existe um monumento aos imigrantes próximo a entrada que da acesso a Biriricas, e segundo Joel ali seria construída Campinho e Santa Isabel que juntas formariam uma única cidade.

Os católicos recebiam assistência dos padres de Viana, porém os luteranos não recebiam suporte algum. Por não terem esse acompanhamento religioso, uma pessoa entre os luteranos chamada Nicolau Fahler que na época deveria ter aproximadamente 15 anos, foi o responsável por fazer celebração de batismos, casamentos, funerais, até que quase dez anos depois foi enviado um pastor do Rio de Janeiro para poder oficializar esses eventos religiosos.

joel falando tapeteNesse mesmo período ocorreu uma desavença religiosa entre católicos e luteranos. Antes disso ambas as denominações utilizavam o mesmo espaço em horários diferentes para realização de seus cultos. Houve a influência dos padres de Viana que tentavam fazer com que os luteranos se convertessem ao catolicismo e isso desencadeou uma certa briga entre as partes.

Foi então que os alemães pensaram em se dividir. Em busca de um clima mais ameno, os imigrantes saíram da região de Biriricas e subiram a serra. Os católicos ficaram na Vila de Santa Isabel e os luteranos se estabeleceram mais adiante na Vila de Campinho.

Desde 1817 existia um caminho que ligava o porto de Vitória a Minas Gerais, que hoje é conhecido como BR 262. Esse caminho foi construído por Dom Pedro I com o objetivo de estabelecer o comércio entre Minas e Vitória. Minas Gerais importaria o sal e exportar a carne através deste caminho o que ocorreu de 1817 até 1832. Como a estratégia não deu muito certo a estrada foi posteriormente desativada.

Acredita-se que o nome Campinho foi dado a vila porque nessa época os tropeiros acampavam no local onde hoje existe a igreja luterana, lugar mais plano da região, semelhante a um pequeno campo. Eles acampavam à tarde para no outro dia seguirem viagem até o porto de Vitória.

Em 1893, com o prosperar da colônia, um cidadão de Viana chamado Mariano Ferreira de Nazareht que deu o nome a escola municipal atual quis criar um município para que ele fosse o prefeito. Após uma luta incessante ele conseguiu a emancipação da colônia que antes pertencia a Viana. Durante essa emancipação foi criado o município de Santa Isabel com sede em Campinho. Também em 1893 o prefeito Artur Tompson transferiu a sede para Santa Isabel que permaneceu ali até 1917, ano em que a sede retornou para Campinho.

joel palestraDentre os muitos fatos interessantes que Joel relatou em sua palestra, chama atenção que até hoje, algumas pessoas mais antigas ou até mesmo de Vitória se referem à sede atual do município de Domingos Martins como Campinho de Santa Isabel, nome muito utilizado naquela época. Para Joel é um crime alterar o nome de um município como foi feito aqui em Domingos Martins. “Não menosprezando o famoso herói capixaba, porém o mesmo não tem nada a ver com a nossa história. Ele sequer era nascido aqui, era de Itapemirim, e na minha opinião o nome do município deveria ter permanecido Santa Isabel. A alteração foi feita pelo então Governador da época Nestor Gomes que modificou também o nome de outros municípios do estado”, disse.

A colonização de nosso município se deu por um grupo de pessoas da Alemanha, de uma região próxima a cidade de Frankfurt conhecida como Honserik. Com a prosperidade da primeira colônia o imperador optou por formar a segunda que se chamou Santa Leopoldina. O nome se deu em homenagem à sua segunda filha e sua santa de devoção. Nesta ocasião chegaram um grande número de imigrantes, dentre eles alemães, luxemburgueses, suíços e austríacos. A maioria desses imigrantes vieram da região da Pomerânia. Essas pessoas, esses pomeranos, anos mais tarde passaram a residir na colônia de Santa Isabel.

Joel também exibiu um trechos de um filme que conta a história dos pomeranos, além de algumas fotografias antigas das Colônias de Campinho e Santa Isabel.
  

Fotos: Hudson Luiz Entringer.


Thagner Kuster
Câmara Municipal de Domingos Martins – ES
Contatos: (27) 3268-1123
comunicacao@camaradomingos.es.gov.br

Câmara realizará Semana Cultural em novembro. Confira a programação.

por GerCom última modificação 08/07/2020 13h29
Com o título “Abra as portas para a cultura entrar“, o evento acontecerá de 4 a 11 de novembro nas dependências do SIC - Setor de Informação Cultural e do Plenário Paulo Lorenzoni. A entrada é franca.

O Presidente Eduardo José Ramos e demais vereadores da Câmara Municipal de Domingos Martins estão convidando toda sociedade martinense e dos municípios vizinhos para participarem da Semana Cultural “Abra as portas para a cultura entrar”, que será realizada entre os dias 4 e 11 de novembro de 2011, no espaço do Plenário Paulo Lorenzoni, localizado à Avenida Kurt Lewin, nº 60, na sede, e nas dependências do SIC - Setor de Informação Cultural, instalado no prédio da Presidência, situado na mesma avenida.

A Semana Cultural, uma iniciativa da Secretária Geral Administrativa, Elma da Penha Hortolani, que contou com o total apoio do Presidente da Casa, vereador Edu, tem como objetivo oferecer à comunidade a oportunidade de entrar em contato com um pouco da história do município, por meio da realização de palestras, apresentação de documentários, exposição de fotografias, mostra de orquídeas e momentos literários que abordem aspectos da cultura local e do Estado.

Contando mais uma vez com o valioso apoio financeiro do Doutor Helmut Meyerfreund e do Consulado Alemão no Espírito Santo e com a parceria das empresas amigas Tia Terezinha, E&L, Vitomaq, Floricultura do Dionísio e Divinali, o evento terá a participação de personalidades da cultura local, como o historiador Joel Guilherme Velten que, além de estar coordenando todas as atividades da Semana Cultural, dará uma palestra sobre a história da localidade de Santa Isabel, a Doutora Ângela Maria Martinelli, responsável pelo momento poético, o conceituado orquidófilo Leodério Velten com sua exposição de orquídeas e apresentação de documentário sobre o senhor Roberto Kautsky, o fotógrafo Hudson Luiz Entringer, popularmente conhecido como Dizzone, apresentado suas belas fotos sobre o município e Fátima Cristine Sant’Anna Feitosa, Assessora Executiva do Instituto Kautsky, falando sobre a constituição histórica da entidade.

Confirmadas também as presenças na Semana Cultural de personalidades de outros municípios e estados, como o advogado Doutor Moacyr Rosado, que falará sobre a vida de Ruy Barbosa, os professores Agostino Lázzaro, Cilmar Francischetto e Silas Rach, que abordarão em suas palestras a colonização italiana em Pedra Azul e Aracê, a autora Valsema Rodrigues, lançando seu livro “No Reino das Palavras” e o Doutor Rodrigo Trespach, que virá do Rio Grande do Sul para falar sobre a colonização alemã no sul do Brasil.

A parte internacional do evento ficará por conta do Doutor Wolfgang Max Bendel, que virá à Domingos Martins diretamente da Baviera, na Alemanha, para participar da Semana Cultural, ministrando a palestra “A língua alemã e seus dialetos”.

A Câmara Municipal, por meio de seus vereadores, servidores e estagiários, agradece a colaboração dos parceiros que estão tornando realidade mais uma ação da Secretaria Geral Administrativa e do Cerimonial da Casa, com apoio da atual Mesa Diretora, no sentido de tornar a cultura mais acessível à população.

A entrada é franca.

Sejam Bem-vindos!

Confira a programação:

Semana Cultural "Abra as portas para a cultura entrar"

 

Dia 4 de novembro de 2011 (sexta-feira):

 

9h – Abertura e Palestra sobre a vida de Ruy Barbosa.

Palestrante: Doutor Moacyr Rosado – Advogado.

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

Lançamento da Exposição de fotos sobre o Município de Domingos Martins.

De 4 a 11 de novembro (horário comercial).

Fotógrafo: Hudson Luiz Entringer.

Local: SIC – Setor de Informação Cultural.

 

Dia 7 de novembro (segunda-feira):

 

13h - Palestra: “A língua alemã e seus dialetos”.

Palestrante: Doutor Wolfgang Max Bendel  (Baviera – Alemanha).

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

14h - Palestra: “Colonização italiana no Espírito Santo, com foco para Pedra Azul / Aracê”.

Palestrante: Professores Agostino Lázzaro, Cilmar Francischetto e Silas Rach

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

Dia 8 de novembro de 2011 (terça-feira):

 

 

14h - Mostra de Orquídeas e exibição do documentário “Roberto Kautsky”.

Apresentação: Leodério Velten, Orquidófilo.

Local: SIC – Setor de Informação Cultural.

 

 

16h - Lançamento do livro “Burros e Pastores nas terras do Espírito Santo” - Pastor Heinz Soboll.

Local: SIC – Setor de Informação Cultural.

 

 

Dia 9 de novembro (quarta-feira):

 

9h - Momento Poético.

Doutora Ângela Maria Martinelli, Poetiza, Acadêmica correspondente da Academia Feminina Espíritosantense de Letras.

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

14h – Palestra: “História da Colônia de Santa Isabel”.

Palestrante: Professor Joel Guilherme Velten.

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

Dia 10 de novembro (quinta-feira):

 

 

9h - Lançamento do livro “No Reino das Palavras”.

Presença da Autora Valsema Rodrigues.

Das 9h às 12h e das 14h às 16h.

Local: SIC – Setor de Informação Cultural e Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

15h - Palestra sobre a constituição histórica do Instituto Kautsky.

Palestrante: Fátima Cristine Sant’Anna Feitosa.

Duração: 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

Dia 11 de novembro (sexta-feira):

 

 

9h - Palestra: “A Colonização Alemã no sul do Brasil”.

Palestrante: Doutor Rodrigo Trespach (Rio Grande do Sul).

Duração 1 hora.

Local: Plenário Paulo Lorenzoni.

 

 

Encerramento às 17h.

 

 

Apoio financeiro: Dr. Helmut Meyerfreund e Consulado Alemão no Espírito Santo.

Apoio: Tia Terezinha, E&L, Vitomaq, Floricultura do Dionísio e Divinali.

Jorge Moysés Monteiro

Assessoria de Comunicação

Contato: (27) 3268-1123

comunicacao@camaradomingosmartins.es.gov.br


2ª Sessão Ordinária - 24 de fevereiro de 2011

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Resumo das matérias integrantes do expediente do dia.

REQUERIMENTO Nº 6/2011, DE AUTORIA DA MESA DIRETORA, REQUERENDO AO PREFEITO MUNICIPAL QUE CONVOQUE A COORDENADORA DA DEFESA CIVIL MUNICIPAL PARA COMPARECER À SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 17 DE MARÇO DE 2011, PARA PRESTAR INFORMAÇÕES E ESCLARECIMENTOS NECESSÁRIOS A ESSA CASA DE LEIS E RESPONDER AS INDAGAÇÕES DA MESA E DO PLENÁRIO ACERCA DOS CRITÉRIOS E RESPECTIVAS METODOLOGIAS PARA O ATENDIMENTO À POPULAÇÃO DO NOSSO MUNICÍPIO.

REQUERIMENTO Nº 7/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR ROGÉRIO LUIZ KROHLING, REQUERENDO AO PRESIDENTE EDUARDO JOSÉ RAMOS QUE SEJA RETIRADO DE PAUTA O PROJETO DE LEI Nº 74/2010, QUE ''PROÍBE FEIRAS E EVENTOS COMERCIAIS DE CARÁTER TRANSITÓRIO NO MUNICÍPIO''.

INDICAÇÃO Nº 10/2011, DE AUTORIA DO PRESIDENTE EDUARDO JOSÉ RAMOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, QUE VERIFIQUE A POSSIBILIDADE DE ATENDER AS SEGUINTES DEMANDAS DA COMUNIDADE DE PARAJU, NESTE MUNICÍPIO:

1- O TÉRMINO DAS OBRAS NA QUADRA DA COMUNIDADE;

2- A CONSTRUÇÃO DE BANHEIROS PÚBLICOS, DANDO MAIOR CONFORTO À POPULAÇÃO QUE FREQUENTA AS CONSTANTES FESTAS REALIZADAS NA COMUNIDADE;

3- A FIXAÇÃO DE POSTES COM LUMINÁRIAS NA RUA QUE SERVE DE DESVIO DO CENTRO DA CIDADE, UTILIZADO EM PERÍODO DE FESTAS, QUE, POR NÃO POSSUIR ILUMINAÇÃO SUFICIENTE, ACABA TRAZENDO COMPLICAÇÕES NO TRÁFEGO DO REFERIDO TRECHO.

INDICAÇÃO Nº 11/2011, DE AUTORIA DO PRESIDENTE EDUARDO JOSÉ RAMOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, QUE VERIFIQUE A POSSIBILIDADE DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA DA ESTRADA QUE LIGA PONTO ALTO A PEROBAS (TRECHO DE 4 KM), O QUE EM MUITO ENRIQUECERIA O COMÉRCIO E O ESCOAMENTO DE PRODUTOS NAQUELA REGIÃO.

MOÇÃO Nº 7/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DA SENHORA ANA MARIA SCHULTZ FALLER.

MOÇÃO Nº 9/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DO SENHOR EDEN MISTURA.

MOÇÃO Nº 10/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR IVAN LUIZ PAGANINI, REQUERENDO UM VOTO DE APLAUSOS EM PROL DA COMUNIDADE DE PEROBAS. A ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DE PEROBAS MOBILIZOU A COMUNIDADE PARA ARRECADAR RECURSOS DE PARTICULARES E, JUNTOS E POR CONTA PRÓPRIA, EFETUARAM O CALÇAMENTO NA SUBIDA DO CEMITÉRIO. A OBRA ERA UMA ANTIGA REIVINDICAÇÃO DA POPULAÇÃO LOCAL PERANTE À PREFEITURA MUNICIPAL.

MOÇÃO Nº 11/2011, DE AUTORIA DA MESA DIRETORA, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DO SENHOR ALTINO FRANCISCO RUPF.

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 2/2011, ASSINADO PELA MESA DIRETORA QUE ALTERA A REDAÇÃO DO ART. 150 DO REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA E REVOGA O ART. 150 – A – RESOLUÇÃO Nº 8, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2000.

OFÍCIO Nº 116/2011, ASSINADO PELO PREFEITO MUNICIPAL, ENCAMINHANDO A MENSAGEM Nº 007/2011, REFERENTE AO PROJETO DE LEI Nº 8/2011, QUE AUTORIZA O PODER EXECUTIVO A CONTRATAR FINANCIAMENTO JUNTO AO BANCO DO BRASIL S/A.

 

1ª Sessão Ordinária - 17 de fevereiro de 2011

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Resumo das matérias integrantes do expediente do dia.

OFÍCIO Nº 66/2011, ASSINADO PELO PREFEITO EM EXERCÍCIO, FÁBIO ANSELMO TRARBACH ENCAMINHANDO A MENSAGEM Nº 1/2011, REFERENTE AO PROJETO DE LEI Nº 001/2011 QUE DISPÕE SOBRE FIXAÇÃO DE REPASSE PARA APAE DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE.

 

OFÍCIO Nº 85/2011, ASSINADO PELO PREFEITO EM EXERCÍCIO, FÁBIO ANSELMO TRARBACH ENCAMINHANDO A MENSAGEM Nº 3/2011, REFERENTE AO PROJETO DE LEI Nº 4/2011 QUE AUTORIZA O EXECUTIVO MUNICIPAL A CONCEDER AUXÍLIO DE COMBUSTÍVEL PARA O TRANSPORTE DE PACIENTE EM TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO.

 

OFÍCIO Nº 83/2011, ASSINADO PELO PREFEITO EM EXERCÍCIO, FÁBIO ANSELMO TRARBACH ENCAMINHANDO A MENSAGEM Nº 2/2011, REFERENTE AO PROJETO DE LEI Nº 3/2011 QUE AUTORIZA O INGRESSO DE IRUPI, TRANSFORMA A PESSOA JURÍDICA SUPORTE DO CIM PEDRA AZUL/ES E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

OFÍCIO Nº 1/2011, ASSINADO PELA MESA DIRETORA, QUE ENCAMINHA O PROJETO DE LEI Nº 5/2011 QUE ACRESCENTA §§ 8º, 9º E 10º AO INCISO II DO ARTIGO 24 DA LEI Nº 1.238, DE 14 DE SETEMBRO DE 1992''.

 

OFÍCIO Nº 2/2011, ASSINADO PELO VEREADOR IVAN LUIZ PAGANINI, QUE ENCAMINHA O PROJETO DE LEI Nº 2/2011 QUE DETERMINA A OBRIGATORIEDADE DO NOME FESTIVAL INTERNACIONAL DE INVERNO DE MÚSICA ERUDITA E POPULAR DE DOMINGOS MARTINS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

 

REQUERIMENTO Nº 1/2011, DE AUTORIA DA MESA DIRETORA, REQUERENDO AO PREFEITO MUNICIPAL, A LISTA DE TODOS APROVADOS NO ÚLTIMO CONCURSO PÚBLICO EM DOMINGOS MARTINS, SITUAÇÃO FUNCIONAL (CARGO, EFETIVO, COMISSIONADO OU CONTRATADO) EM CADA SECRETARIA MUNICIPAL, JUNTAMENTE COM AS RESPECTIVAS FOLHAS DE PAGAMENTO, INFORMAÇÕES SOBRE O PETI (PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL) NO MUNICÍPIO DE DOMINGOS MARTINS, TAIS COMO: ONDE FUNCIONA, CRITÉRIOS PARA MATRÍCULAS, RESPONSÁVEIS PELO PROGRAMA, VALORES DE CUSTEIO, PRESTAÇÃO DE CONTAS, E OUTRAS QUE NECESSÁRIO FOREM PARA COMPREENSÃO DO PROGRAMA.

 

REQUERIMENTO Nº 2/2011, DE AUTORIA DA MESA DIRETORA, REQUERENDO AO PREFEITO MUNICIPAL, PARA A PRÓXIMA SESSÃO ORDINÁRIA, SE ASSIM FOR A ANUÊNCIA DO PLENÁRIO, QUE O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL SEJA CONVIDADO POR ESTA CASA A NOS TRAZER ESCLARECIMENTOS SOBRE OS MOTIVOS DO ATRASO NA REMESSA DO PDM PARA ANÁLISE E APROVAÇÃO DO LEGISLATIVO MUNICIPAL, ATRASO ESSE QUE PODE INVIABILIZAR FUTUROS CONVÊNIOS COM MINISTÉRIOS DO GOVERNO FEDERAL.

 

REQUERIMENTO Nº 3/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, REQUERENDO AO PREFEITO MUNICIPAL, INFORMAÇÕES REFERENTES A AUSÊNCIA DO MÉDICO DR. PAULO NO PS DE SÃO BENTO, NESTE MUNICÍPIO.

 

REQUERIMENTO Nº 4/2011, DE AUTORIA DA MESA DIRETORA, REQUERENDO AO PREFEITO MUNICIPAL, SE ASSIM FOR A ANUÊNCIA DO PLENÁRIO, QUE O EXCELENTÍSSIMO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL ENCAMINHE PARA A PRÓXIMA SESSÃO ORDINÁRIA UMA DATA PARA ESSE PRIMEIRO SEMESTRE EM CUMPRIMENTO DO ARTIGO SUPRACITADO, COMPARECENDO A ESSA CÂMARA MUNICIPAL A FIM DE APRESENTAR O RELATÓRIO SOBRE SUA ADMINISTRAÇÃO E RESPONDER AS INDAGAÇÕES DA MESA E DO PLENÁRIO.

 

REQUERIMENTO Nº 5/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR MANOEL DE OLIVEIRA BARCELOS JUNIOR, REQUERENDO AO PRESIDENTE DA CÂMARA, QUE SEJA RETIRADO DE PAUTA A PROPOSTA DE EMENDA À LEI ORGÂNICA MUNICIPAL N° 1, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2010, QUE “ALTERA A EMENDA A LEI ORGÂNICA DE N° 18, DE 18 DE MAIO DE 2009”, DE AUTORIA DOS VEREADORES ROGÉRIO LUIZ KRÖHLING, OSMAR JOSÉ DE OLIVEIRA, WELLINGTON BLEIDORN, JEFFERSON HAND, EDUARDO JOSÉ RAMOS, ARNO ALVES DO NASCIMENTO E MANOEL DE OLIVEIRA BARCELOS JÚNIOR.

 

INDICAÇÃO Nº 1/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL QUE ATENDA À NECESSIDADE DE CALÇAMENTO NO PÁTIO QUE DÁ ACESSO À ESCOLA ESTADUAL TEÓFILO PAULINO, O “COLÉGIO POLIVALENTE”, NA ALAMEDAS DOS PINHAIS, EM CAMPINHO.

 

INDICAÇÃO Nº 2/2011, DE AUTORIA DOS VEREADORES JÚLIO MARIA DOS SANTOS E WELLINGTON BLEIDORN, SUGERINDO AO SENHOR PREFEITO MUNICIPAL QUE ESTUDE A POSSIBILIDADE DE CONSTRUÇÃO DE OBRAS DE ILUMINAÇÃO NO PÁTIO DA IGREJA CATÓLICA DE SANTA ÚRSULA, NA ESTRADA DE DOMINGOS MARTINS A SOÍDO, NESTE MUNICÍPIO.

 

INDICAÇÃO Nº 3/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL QUE ESTUDE A POSSIBILIDADE DE EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE MELHORIA NA ILUMINAÇÃO DO RECANTO DA SERRA, NO BAIRRO UNIÃO, DISTRITO DE ARACÊ, NESTE MUNICÍPIO.

 

INDICAÇÃO Nº 4/2011, DE AUTORIA DO PRESIDENTE DA CÂMARA EDUARDO JOSÉ RAMOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, QUE VERIFIQUE A POSSIBILIDADE DE MELHORARIA NA ILUMINAÇÃO DA RUA AUGUSTO GOESE, ONDE SITUA-SE A UNIDADE DE SAÚDE DE PONTO ALTO, DISTRITO DE PARAJU, NESTE MUNICÍPIO.

 

INDICAÇÃO Nº 5/2011, DE AUTORIA DO PRESIDENTE DA CÂMARA EDUARDO JOSÉ RAMOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, EXECUÇÃO DE PODAS NO PARQUE ECOLÓGICO E DE LAZER DE PONTO ALTO, ABERTURA DO PARQUE AOS FINAIS DE SEMANA E FERIADOS, DIAS DE LAZER DO TRABALHADOR, JUSTIFICANDO ASSIM A INSTALAÇÃO E OBJETIVO DO REFERIDO PARQUE.

 

INDICAÇÃO Nº 6/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL QUE ESTUDE A POSSIBILIDADE DO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO NO TRECHO QUE INICIA NA RUA CARLOS GERMANO SCHWAMBACH ATÉ A IGREJA MARANATA, PRÓXIMO À RUA DE ACESSO AO ANTIGO KABANAS CLUBE.

 

INDICAÇÃO Nº 7/2011, DE AUTORIA DO PRESIDENTE DA CÂMARA EDUARDO JOSÉ RAMOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, A SUBSTITUIÇÃO DA PONTE QUE PASSA SOBRE O CÓRREGO DIAS, DISTRITO DE ARACÊ, NESTE MUNICÍPIO, MAIS PRECISAMENTE NO ACESSO QUE LEVA À COMUNIDADE FAMÍLIA LIMA, MANUTENÇÃO URGENTE EM DUAS PONTES: UMA PONTE DE CIMENTO SOBRE O RIO JUCU, QUE DÁ ACESSO Á COMUNIDADE DE PEÇANHA, QUE RUIU PARCIALMENTE APÓS AS RECENTES E FORTES CHUVAS, TORNANDO IMPEDIDO O ESCOAMENTO DOS PRODUTOS, POIS NÃO SUPORTA O PESO DE UM CAMINHÃO CARREGADO, OBRIGANDO AOS CARROS MAIS PESADOS FAZEREM UM DESVIO DE MAIS DE 12 KM, SAINDO OBRIGATORIAMENTE POR VENDA NOVA. UMA PONTE DE MADEIRA SOBRE O RIO JUCU, QUE SE ENCONTRA INTRAFEGÁVEL HÁ MAIS DE UM ANO. A COMUNIDADE DEPOSITOU NO LOCAL VIGAS DE MADEIRA, NA ESPERA DE PROVIDÊNCIAS DO PODER PÚBLICO MUNICIPAL. SEGUNDO PRODUTORES DE PEÇANHA, ELES SE ENCONTRAM ISOLADOS, UMA VEZ QUE AS DUAS PONTES DE ACESSO À COMUNIDADE, ESTÃO IMPEDIDAS DE USO.

 

INDICAÇÃO Nº 8/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR ARNO ALVES NASCIMENTO, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, QUE ESTUDE A VIABILIDADE DE EXECUÇÃO DE OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA NO TRECHO DA ESTRADA QUE COMPREENDE A FÁBRICA XUAP E A VILA VERDE, NA SEDE.

 

INDICAÇÃO Nº 9/2011, DE AUTORIA DOS VEREADORES WELLINGTON BLEIDORN E JÚLIO MARIA DOS SANTOS, SUGERINDO AO PREFEITO MUNICIPAL, QUE ESTUDE A POSSIBILIDADE DE REALIZAR OBRAS DE MELHORIA E EXTENSÃO DA ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM VIVENDAS, PEDRA AZUL.

 

MOÇÃO Nº 1/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR JÚLIO MARIA DOS SANTOS, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DA SENHORA GENY HUWER.

 

MOÇÃO Nº 2/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR IVAN LUIZ PAGANINI, REQUERENDO UM VOTO DE LOUVOR EM PROL DO SENHOR GERALDO ATAÍDE RANGEL E DE TODA COMUNIDADE MARTINENSE QUE, MOVIDOS PELO SENTIMENTO DE SOLIDARIEDADE, ARRECADARAM MANTIMENTOS PARA SEREM ENVIADOS ÀS VÍTIMAS DA TRAGÉDIA DA REGIÃO SERRANA DO RIO DE JANEIRO.

 

MOÇÃO Nº 3/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR IVAN LUIZ PAGANINI, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DO SENHOR ADALTO GUSTAVO STEIN.

 

MOÇÃO Nº 4/2011, DE AUTORIA DO VEREADOR IVAN LUIZ PAGANINI, REQUERENDO UM VOTO DE PESAR PELO FALECIMENTO DO SENHOR NELSON PAULINO WALTER.

 

CORRESPONDÊNCIA DA SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, INFORMANDO A TRANSFÊRENCIA DE RECURSOS DESTINADAS À MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS DE AÇÃO CONTINUA.

 

CORRESPONDÊNCIA DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INFORMANDO LIBERAÇÃO DE RECURSOS.

 

CORRESPONDÊNCIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE INFORMANDO LIBERAÇÃO DE RECURSOS.

 

OFÍCIO PTC. REC. Nº 249/2011, ASSINADO PELO CONSELHEIRO PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS UMBERTO MESSIAS DE SOUZA, CÓPIA DO PARECER TC-092/2010, PROFERIDO NO PROCESSO TC-2499/2010, QUE TRATA DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DA PREFEITURA MUNICIPAL DE DOMINGOS MARTINS, REFERENTE AO EXERCÍCIO DE 2009.

 

 

 

Abono salarial é retirado de pauta em sessão na Câmara Municipal

por thagner — última modificação 31/08/2015 11h28
Vereadores tomam decisão motivados pelo descontentamento com valor sugerido pelo Executivo

A ultima sessão realizada no dia 17/06, no plenário da Câmara Municipal atraiu a presença de muitos servidores públicos do município. Isso porque os vereadores colocaram em discussão o Projeto de Lei nº 31/2010, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a concessão de auxílio alimentação aos servidores públicos ativos.

O abono salarial como era conhecido, concedido no ano passado, no valor de R4 60,00,  havia sido extinto pelo Poder Executivo, e de acordo com a administração, em decorrência da crise que se instaurava no município. Na época o Prefeito Wanzete Krüger afirmou que assim que a situação financeira municipal melhorasse o abono seria restabelecido.

O fato é que aproximadamente um ano depois, o Executivo enviou ao Legislativo o projeto de lei pedindo que os vereadores aprovassem a volta do abono, porém no valor agora de R$ 66,00. Os parlamentares manifestaram seu descontentamento na sessão, e foram unânimes em considerar que o aumento no valor de R$ 6,00 seria totalmente inapropriado e em nada beneficiaria o servidor público municipal.

Os pronunciamentos dos vereadores Ivan Luiz Paganini, Júlio Maria dos Santos, Manoel de Oliveira Barcelos Júnior e Wellington Bleidorn, se deram de maneira solidária, no sentido de que todos os pares solicitaram a retirada de pauta da matéria em questão. Os vereadores disseram ainda que a retirada da matéria não se daria porque eles não queriam beneficiar o servidor com o abono, mas sim que seria o primeiro passo para que pudessem buscar junto ao Executivo um aumento no valor determinado, pelo menos igual ou superior a R$ 100,00.

Ao final da sessão, o Vereador Manoel de Oliveira Barcelos Júnior fez uma crítica ao Poder Executivo. Segundo ele, o atual mandato do prefeito de longe se compara ao bom desempenho que foi demonstrado por ele logo que assumiu a municipalidade. “O Prefeito Wanzete sabe do apreço que tenho por ele e por sua família, mas penso eu que chegou a hora dele sair das sombras do seu respectivo Vice. E que nós enquanto parlamentares possamos também sair das sombras”, disse. 

Assessoria de Comunicação da CMDM
Contato: (27) 3268-2396
comunicação@camaradomingosmartins.es.gov.br

11º ENIAL - Encontro Nacional de Informática Aplicada ao Legislativo

por admin última modificação 11/03/2015 18h01
O ENIAL é o principal evento, no Brasil, dirigido aos servidores do Legislativo, gestores e usuários de informática, que possibilita o aprimoramento contínuo, através da troca de experiências acerca do uso dos recursos tecnológicos de comunicação e informação.
“A Tecnologia da Informação e da Comunicação".

A programação do 11º ENIAL vai contar com palestras, mesas redondas, feira de soluções de produtos e serviços, além de atividades de integração social entre os participantes.
Data e local
3, 4 e 5 de dezembro de 2008 na Assembléia Legislativa de São Paulo



Grade do Evento
Quarta-feira – 03 de dezembro de 2008
16hs Credenciamento
18hs Palestra Abertura
20hs Abertura Oficial  - Convidados e o Presidente da ALESP – Dep. Vaz de Lima
20hs30 Coquetel de Boas Vindas
Quinta-feira – 04 de dezembro de 2008
9h00-9h30 Dinâmica de abertura
9h30-11h00 Mesa Redonda (Consolidações das Leis – cases)
11h00-12h00 Visitação à Feira de Soluções
12h00-14h00 Almoço (com visitação a feira)
14h00-15h00 Palestras (O papel do Parlamento no contexto atual)
14h00-15h00 Palestras (IPv6 e VoIP)
15h00-16h00 Apresentação de Soluções (Projetos Web)
16h00-16h30 Coffee Break
16h30-17h30 Mesa Redonda com as Casas Legislativas (Câmaras)
17h30-18h30 Apresentação de Soluções
18h30-21h00 Visitação à Feira de Soluções
21h00-00h00 Jantar
Sexta-feira – 05 de dezembro de 2008
9h00-9h30 Dinâmica de abertura
9h30-10h30 Palestra (Do papel a Certificação Digital)
10h30-11h30 Palestra (Gestão da segurança da informação)
11h30-12h30 Mesa Redonda (A tecnologia A serviço do negócio)
12h30-14h00 Encerramento (prestação de contas e escolha da nova casa para comissão organizadora)
Temas das Palestras:
Palestra 01: IPv.6
Palestra 02: VoIP
Palestra 03: Gestão de Segurança da Informação
Palestra 04: Gerenciamento de Projetos Web
Palestra 05: Convergência Digital
Palestra 06: Do papel a Certificação Digital
Cases das Casas Legislativas:
Case 01: Painel Eletrônico - ALES
Case 02: PROPLES - ALERS
Case 03: Portal Interlegis - ALEAC
Case 04: Consolidação das Leis - ALERS


As inscrições podem ser feitas no seguinte endereço: http://www.planoeditorial.com.br/enial/aceito.html

Abertura da 5ª Mostra de Artes na Câmara de Domingos Martins

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
O Projeto Mostra de Artes promove a inclusão sociocultural.
Abertura da 5ª Mostra de Artes na Câmara de Domingos Martins

5ª Mostra de Artes

A solenidade de abertura ocorrida no dia 11 de julho de 2008, contou com a presença de autoridades locais, artesãos e artístas plásticos, o Cônsul Honorário da República Federal da Alemanha no Espírito Santo - Sr. Joernhinrich Duus e com a população Martinense.

"A arte em geral é uma das maiores expressões da capacidade de criar do ser humano, porque o que é verdadeiro e autêntico, está no interior da alma e ela permite àqueles que receberam dons especiais, reproduzir suas inspirações materializadas em identidades e formatos personalizados" .

Com essas palavras o Presidente Ricardo Saleme declarou aberta a Cerimônia da 5ª Mostra de Artes.


Homenagem - Selo Memória Artística

"O dom da arte expressa nobreza, simplicidade, sensibilidade, talento, sedução, amor, enfim, é a tradução do sentimento autêntico guardado no interior da alma. Em reconhecimento a esses valores preservados por importantes personalidades que participam da mostra de artes prestaremos esta homenagem."

Homenageados

Ângela Maria Martinelli

Camila Mara Degen

Fátima Cristine Sant'anna Feitosa

Gércia Fabris Koelher

Laerte Ferreira Damaceno

Leodério Velten

Leonor Mollo

Maria da Penha Silva

Maria das Dores Almeida Balle

Maria de Fátima Büge Kautsky

Nilda Alves Caxias Schneider

Roberto Anselmo Kautsky

Rogélia Ewaldt Littig

Simone Koehler Bening



Homenagem - Placa de Menção Honrosa


"Atitudes exercidas em prol da ordem cultural fazem a diferença na construção de valores e promovem ações de expressivo alcance social."


Homenageados


Sr. Joernhinrich Duus

Cônsul Honorário da República Federal da Alemanha no Espírito Santo


Sr. Carlos Alberto da Silva

Gerente do Banestes


Sr. Roberto Schulze

Presidente do Grupo Cultural Martinense


Refrigerantes Coroa


Kebis Biscoitos Caseiros

5ª Mostra de Artes

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Acontecerá de 11 a 26 de julho de 2008.
5ª Mostra de Artes

Mostra de Artes na Câmara Municipal

No dia 11 de julho de 2008 ás 19 horas aconteceu a cerimônia de abertura da 5ª Edição Mostra de Artes.


A Mostra funcionará no período de 11 a 26 de julho de 2008 no horário de 10h às 17h.

Participam da Mostra 90 expositores.

Este ano, durante a realização da mostra, os artesãos e expositores estarão ministrando um Workshop para comunidade, com o objetivo de difundir a prática das atividades artesanais.

O Workshop tem como tema "Introdução a arte e desenvolvimento".

As atividades serão divididas em cursos oferecidos no período da manhã e tarde, e terão início no dia 15 de julho. Inicialmente, o público alvo do Workshop serão os alunos das escolas da sede do município. Para se inscrever nos cursos é necessário ter a idade mínima de 11 anos.

O objetivo é valorizar o trabalho dos artesãos e artistas plásticos do Município, contribuindo dessa forma para a difusão da cultura. Foi escolhido o mês de julho em virtude de recesso parlamentar, pois a Câmara não tem atividades parlamentares nesse período e também para agregar atividades do Festival Internacional de Inverno.

Teremos ainda a participação especial do Núcleo de Orquidófilo de Domingos Martins e Marechal Floriano e o Instituo Kautsky.



Programação do Workshop:

Pátina com Decoupage;

Iniciação e Base de Costuras;
BauernMalerei (Pintura Alemã);
Bordados;
Como cultivar orquidéas;


Horários e períodos do Workshop de Artes
ProfessorNome do CursoDias Horário
 Maria de Fátima Büge Kautsky Pátina com Decoupage15.7.2008 terça-feira
16.7.2008 quarta-feira
18.7.2008 sexta-feira
21.7.2008 segunda-feira
22.7.2008 terça-feira
9h às 11h
Maria das Dores Almeida Balle BauernMalerei (Pintura Alemã)15.7.2008 terça-feira
16.7.2008 quarta-feira
18.7.2008 sexta-feira
21.7.2008 segunda-feira
22.7.2008 terça-feira
9h às 11h
  Leodério Velten Como cultivar orquidéa17.7.2008 quinta-feira14h30 às 17h
 Marieta Alves Iniciação e Base de Costuras15.7.2008 terça-feira
16.7.2008 quarta-feira
21.7.2008 segunda-feira
22.7.2008 terça-feira
14h30 às 16h30
 Nilda Alves Caxias SchneiderBordados Livres15.7.2008 terça-feira
16.7.2008 quarta-feira
18.7.2008 sexta-feira
21.7.2008 segunda-feira
22.7.2008 terça-feira
9h às 11h

A 5ª Edição da Mostra de Artes conta com o patrocínio e colaboração de:

patrocinador_mostra















apoio_mostra

2º dia do I Encontro Nacional do GITEC

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Nesta quinta-feira (4), o segundo dia do I Encontro Nacional do GITEC, é realizada a parte mais técnica do evento, com palestras voltadas ao uso de Software Livre

Nesta quinta-feira (4), o segundo dia do I Encontro Nacional GITEC, na sede do Programa Interlegis, começou com a palestra “Migração para Software Livre – teoria e prática”, feita por Sérgio Damiati, que trabalha com software livre há cinco anos e é chefe do setor de informática da Câmara Municipal de Campinas.

 

Em sua palestra, Sérgio Damiati mostrou as vantagens de se usar o Software Livre. Dentre elas o corte de gastos desnecessários e a impossibilidade de pirataria. “É preciso ter bons argumentos para convencer, já que há pouco conhecimento a respeito do uso de Software Livre”, justificou Sérgio.

 

Ainda houve outras duas palestras de manhã. Uma sobre “Adequação do Servidor Proxy/Cachê Squid a redes de extrema carga”, realizada por Lucas Brasilino, integrante da DIREDE na Procuradoria Geral da República, Ministério Público Federal. A outra palestra foi feita por Américo Munhoz Junior, analista de informática legislativa do Prodasen desde 1985 e integrante da equipe do Programa Interlegis desde 2000, com o tema “Virtualização: um novo paradigma?”.

 

Durante a tarde, a primeira palestra foi “Bastidores Debian: entenda como a distribuição funciona”, de João Eriberto Mota Filho, autor dos livros Linux & Seus Servidores (2000), Pequenas Redes com Microsoft Windows (2001) e Descobrindo o Linux (2ª edição em 2007).

 

João Eriberto contou a história do sistema operacional livre Debian e explicou cada etapa de sua construção. Ele também citou a famosa frase sobre o sistema, “O Debian só está pronto, quando está pronto”, quando se referiu ao lançamento da próxima versão do Debian que está prevista para ser lançada em outubro de 2008.

 

Mais tarde foram feitas as palestras “Banco de Dados livres”, de Marcel Francisco Mota, administrador de Banco de Dados (DBA) e gerente de Rede do gabinete do comandante do Exército Brasileiro, e “Por quer Livre?”, com André Bertelli Araújo, analista de sistemas do Serpro.

 

Sexta-feira (5) haverá mais três palestras sobre o Programa Interlegis, e o encerramento do evento.


Para assistir clique aqui.

Fonte: Portal do Interlegis

1ª Sessão Itinerante

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Com a finalidade de dar conhecimento às comunidades sobre o desenvolvimento das atividades legislativas da Câmara Municipal de Domingos Martins.

Acontecerá no dia 2 de agosto de 2007 às 19 horas na quadra Poliesportiva da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio de Pedreiras em Pedra Azul a 1ª Sessão Itinerante da história do Poder Legislativo Municipal.


4ª Mostra de Artes na Câmara Municipal

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Evento de cunho cultural regulamentado pela Resolução Nº 4, de 4 de junho de 2004, que permite a utilização do auditório da Câmara Municipal para os artesãos e artistas plásticos do Município exporem seus trabalhos.

A Câmara Municipal de Domingos Martins autorizou a utilização do seu Auditório durante o mês de julho de cada ano para os Artesãos e Artistas Plásticos apresentarem seus trabalhos.

O objetivo é valorizar o trabalho dos Artesãos e Artistas Plásticos do Município, contribuindo dessa forma para a difusão da cultura. Foi escolhido o mês de julho em virtude do recesso parlamentar, período em que a Câmara não tem atividades plenárias e também para agregar às atividades do Festival Internacional de Inverno.

Este ano a 4ª edição da Mostra será realizada no período de 13 a 29 de julho e contará com 60 expositores, tendo ainda como participação especial o Núcleo Orquidófilo de Domingos Martins e Marechal Floriano e o Instituto Kautsky.

Programação:

Abertura no dia 13 de julho às 19h
Período de 13 a 29 de julho de 2007
segunda a sexta: 9h às 17h
sábados e domingos: 10h às 18h

Confira abaixo a lista dos Expositores que participarão da 4ª Mostra de Artes:

ADÍLIO JOSÉ STEIN
ALDA MARIA EFFGEN BORTULINI
ADRIANA PEREIRA MEDEIROS PILGER
ALOÍSIO BRUSKE
AMANDA SCHWAMBACH VELTEN
ANETE NATÁLIA STEIN PEREIRA
ÂNGELA MARIA MARTINELLI
CAIO MARTINELLI BARTH
CAMILA MARA DEGEN
CARMEN LÚCIA KOEHLER WERNERSBACH
DALVA BAUTZ
DILCÉIA MARLENE BUGE ROCHA
DORA SCHWAMBACH FEITOSA
EDNAR IZABEL REINHOLZ KUMM
ELIZABETH EVA DA COSTA
ERNA KUMM KLEIN
EVANDRO ANTÔNIO MOREIRA ALVES
ÉVELIN DE FREITAS PADILHA WRUCK
FERNANDA ANDRÉIA VICTOR RODRIGUES
GÉRCIA FABRIS KOEHLER
GUSTAVO HENRIQUE EFFGEN BORTULINI
HELGA SCHNEIDER HUBER
HILMARA ÂNGELA BRINGER NUNES
ILZA LAMPIER
IRMA LUTZKE DONDONI
IVANILDA MARIA FERNANDES DA SILVA
IZABEL DA PENHA PAIVA GONÇALVES
IZABEL REINHOLZ KUMM
JAMILA MARIA DE AGUIAR DOMINGUES
JANETA SCHUTZ BORK
JOSÉ LUIZ MAYER
KEBIS BISCOITOS CASEIROS
LEONOR MÓLLO
LIA MARA SCHWAMBACH WANDEKOKEN
MARIA DA PENHA SILVA
MARIA DA PENHA WASEM
MARIA DAS DORES ALMEIDA BALLE
MARIA DE FÁTIMA BUGE KAUTSKY
MARIA DE FÁTIMA DA SILVA PEREIRA
MARIA DO CARMO CHRIST
MARIA HELENA DOS REIS SCHWAMBACH
MARLY MARIA MÓDOLO
MONIKA SCHULZ   ZOUAIN
NILDA ALVES CAXIAS SCHNEIDER
OSMÉRIO ERILDO DEOLINDO
MARIA DA PENHA WERNERSBACH RONCHI
MARILZA JUBINI CELESTINO
RÔMULO CARDOZO
SILVIA MARIA SIMON LUBE
SIMONE KOEHLER BEHNING
SUSAN MONTEIRO DE ASSUNÇÃO
TEREZA MARTINS STEIN
TEREZINHA BERGER MIERTSCHINK
VALDETE MARIA VALTER RANGEL
VALÉRIA RUSA
VICTOR EMMANUEL MARTINELLI LAGE
ASSOCIAÇÃO DAS VOLUNTÁRIAS MARTINENSES


Realização:
Câmara Municipal, Artesãos, Artistas Plásticos do Município.

Colaboradores:

A MARTINENSE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
BANCO DO BRASIL
BANCO SICOOB
BANDEIRART
DIVINALLI COMÉRCIO E SERVIÇOS
E&L PRODUÇÕES DE SOFTWARE
EVANDRO AMA
FRIMAKEL
GAÉDE SERIGRAFIA
HELOÍSIO RODRIGUES ALVES
IMOBILIÁRIA UNIVERSAL
MERCEARIA RAASCH
PAGANINI MOTO SHÓP
PAPELARIA TIA THERESINHA
PREFEITURA DE DOMINGOS MARTINS
RANCHO LUA GRANDE
REFRIGERANTES COROA
STEINGE ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA
TOMODATHI
TOREZANI EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA
VITOMAQ EQUIPAMENTOS PARA ESCRITÓRIO.

Patrocinador:

Cônsul Honorário da República da Alemanha no Espírito Santo

Câmara Municipal construindo cultura

Legislativo em Ação

por admin última modificação 01/06/2016 09h33
Informativo do Poder Legislativo Municipal Ano 2007 - nº 002

Criado com a finalidade de divulgar as ações da Câmara e outras informações de caráter sócio-cultural viemos disponibilizar aos cidadãos martinenses o Informativo do Poder Legislativo Municipal com tiragem de 1.000 exemplares, onde encaminhamos para .......

O informativo está disponível para download na Internet. Para baixar o arquivo, clique aqui.


Expediente - Legislativo em Ação
Informativo do Poder Legislativo Municipal

Equipe:
Auricéia Batista Rocha Brzesky
Nayanne de Barros Tesch
Thagner Kuster das Neves
Heliomar Schwambach

Revisão:
Professora Jane Moura
Elma da Penha Hortolani

Projeto Gráfico e Diagramação: Evandro A. M. Alves

Fotolito e Impressão: Gráfica Campinho

Câmara começa organizar a 4ª Mostra de Artes

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Na reunião do dia 20 de março de 2007, foi definido a data de abertura e período de exposição da 4ª Mostra de Artes na Câmara Municipal de Domingos Martins.

A Reunião na Câmara Municipal para organização dos trabalhos da 4ª Mostra de Artes contou com a presença de artesãos e artistas plásticos do Município. O Presidente da Câmara Sr. Ricardo Saleme manifestou total apoio a todos os participantes colocando a estrutura administrativa e logística da Câmara à disposição, enfatizando que "reconhece a importância do acontecimento para difusão da cultura dos trabalhos de cada artesão e artista plástico."

O Núcleo Orquidófilo de Domingos Martins e Marechal Floriano e o Instituto Kautsky têm participação especial na Mostra divulgando também as suas ações.

Os trabalhos estão sendo coordenados pela Secretaria Geral Administrativa Srª Elma Hortolani e Equipe do Cerimonial da Câmara.

Ficou definido que a abertura será no dia 13 de julho de 2007 às 19h.

Período da 4ª Mostra de Artes: 14 a 29 de julho de 2007
Horário:
Finais de semana 10 às 18h.
Durante a semana 9 às 17h.

Visite a mostra e conheça os trabalhos de Arte dos Artesãos e Artistas Plásticos do Município de Domingos Martins.

A Primeira Câmara Municipal

por admin última modificação 31/08/2015 11h28
Câmara Municipal de Domingos Martins, completa 113 anos de história cívica e político-administrativa.
A primeira Câmara Municipal do Município de Santa Isabel, foi instalada em 19-12-1893, composta de cinco governantes (vereadores) do Município, dentre eles o Presidente Provisório Felipe Endlich, que exercceu sua função no período de 19 de dezembro de 1893 a 21 de abril de 1895.

Os membros da Câmara eram os seguintes:

- Felipe Endlich - Presidente;
- Christiano Bruske;
- José Pereira da Cruz;
- Marthias Stein;
- Johann Nikolaus Velten;

Essa Câmara foi instalada pelo presidente da Câmara Municipal de Viana, professor José da Fraga Neves Loureiro, na vila de Campinho.

Ações do documento